• Do Norte Ao Norte

Carretera Austral: Viagem por uma das estradas mais lindas do mundo.

Aqui vamos contar como foi a nossa experiência percorrendo a Carretera Austral de Motorhome. Com seus 1240km, ela liga as cidade de Puerto Montt a Villa O’Higgins. Ao percorrer essa estrada, nós vamos encontrar diversas atrações naturais como glaciares, vulcões, lagos e rios de cores exuberantes.

QUAL A MELHOR ÉPOCA PARA VIAJAR PELA CARRETERA AUSTRAL?


Nós percorremos a Carretera em Dezembro de 2019, verãozão na Patagônia Chilena. E sim, consideramos essa a melhor época para viajar por lá. Porque?

  • Os dias são mais longos (o sol se põe às 23h da noite 😮 ), sendo assim, você poderá curtir mais o dia e apreciar as lindas paisagens com o sol. A única desvantagem, é que essa é a época de alta temporada e os preços de passeios e hospedagens podem ficar mais caros.

  • O problema de percorrer a Carretera no Inverno (nossa opinião), é que ao contrário do verão, aqui os dias são mais curtos. O frio na Patagônia é muito intenso e algumas atrações podem estar fechadas, assim como algumas partes da estrada por causa da neve. Além do que, achamos que pode ser um pouco mais perigoso, pois alguns trechos são em abismos. Mas se você tem experiência em dirigir na neve, pode ser uma grande aventura 😉


CIDADE BASE PARA A ENTRADA NA CARRETERA


Aqui vamos falar apenas da parte que percorremos, mas existem diversos pontos de ‘’entrada e saída’’ da Carretera.

Como estávamos subindo a região da Patagônia, ou seja, vindo do Ushuaia, nós optamos por entrar na Carretera por Chile Chico. Decidimos não fazer toda a Carretera, pois não queríamos gastar tanto dinheiro com balsas e também estávamos bem receosos sobre o sinal de internet nas cidades (conto mais nesse tópico). A entrada por Chile Chico, é por onde a maioria dos viajantes escolhe fazer, e foi o que fizemos também. E ainda bem que fizemos essa escolha, pois todo o caminho que liga Chile Chico até Puerto Guadal é simplesmente espetacular.


Na maior parte do trajeto vamos costeando o Lago General Carrera (Chile) ou Lago Argentino (Argentina). Todo trajeto até a cidade de Puerto Rio Tranquilo é em rípio (estrada de terra com pedregulhos), pelo menos na época que passamos essa parte estava em boas condições. Quem estiver no volante, dirija com cuidado e sempre com atenção, pois como citei, são inúmeros trechos com abismos, mas também não deixe de apreciar as paisagens. Reserve um bom tempo pra esse percurso, pois as paradas para as fotos são inevitáveis. Confira abaixo nosso vídeo de Chile Chico até Puerto Rio Tranquilo:

Já se você estiver vindo do Norte para o Sul, outra escolha de entrada da Carretera sem pegar balsas é por Futaleufú. Cidade bem tranquila onde passamos algumas noites antes de entrar novamente na Argentina.


DA PRA IR COM CARRO DE PASSEIO/ SEM SER 4X4?

Com certeza sim! Nosso motorhome não é tracionado e não passamos por nenhuma parte da estrada onde tivemos que usar, nem mesmo nas partes com o rípio mais judiado. Caso você escolha ir com um carro de passeio, o ideal é que ele seja um pouco mais alto apenas para evitar desgaste na parte debaixo do veículo.


DICA DNN: Quem não tem Motorhome/Camper/Kombi… e deseja ter mais liberdade para viajar pela Carretera, alugue um da Wickedcampers.


Vimos muuuuitas dessas Camper por toda a Patagonia desde o Ushuaia 😉


TRECHOS DE RÍPIO E ASFALTO (QUALIDADE)

Sim! Essa é uma realidade que você terá que enfrentar: as temidas estradas de Rípio (estrada de terra com pedregulhos)!

Mas se você já estiver fazendo essa viagem pela Argentina, onde desceu pela Ruta3, chegou no Ushuaia, passou pela Ruta40, você já está mais que acostumado, e as estradas de rípio acabam virando rotina da viagem. Mas mesmo se ‘’acostumando’’, elas são um incômodo, principalmente pra quem carrega a sua casa junto. Tivemos alguns probleminhas por conta do rípio como: um pó absurdo que entrou e em algumas partes se alojou nas pequenas frestas do carro, problemas na suspensão dianteira que nos acompanhou por quase toda a viagem e uma mangueira de diesel que se rompeu com os ‘’tremiliques’’ da estrada, que fez a gente passear de guincho também pela Carretera. Maaasss.. temos boas novidades!


A Carretera está sim sendo asfaltada e grande parte do nosso trajeto foi de asfalto. Dos 1240km que ligam Puerto Montt a Villa O’Higgins, 536,8km já estão sendo pavimentados (cerca de 43%), os outros ainda estão em processo. Desses 1240km, nós percorremos cerca de 800km e a sua maioria estava asfaltada.


PONTOS DE ABASTECIMENTO


Muitas pessoas nos perguntaram sobre os postos de combustíveis na Carretera, e podemos dizer que isso não será um grande problema. Algumas cidades apesar de bem pequenas, quase sempre possui uma ‘’Estación de Servicio’’ como se chama em espanhol. Mas fique ligado, pois não são em todas cidades/vilarejos que você encontrará postos ou as vezes o combustível pode estar em falta. Não tivemos problema nenhum e nem precisamos levar tanque extra de combustível. Aqui você pode acessar a lista dos postos da Copec por toda a Carretera.


ESTRUTURA DAS CIDADES


A maioria das cidades que cortam a Carretera são bem pequenas, mas no geral possuem uma boa estrutura para atender os viajantes que passam por ali. Na maioria delas, ou em todas, vimos mercadinhos, pousadas, postos de combustíveis, campings e restaurantes. Tudo muito simples, mas com o precinho bem salgado. O Chile já é um país caro para nós brasileiros, imaginem então os preços dos serviços na Carretera. Por isso, é super importante levar dinheiro em espécie, evite usar o cartão, até porque em muitos estabelecimentos ele não será aceito.


Utilizamos o Western Union em toda a nossa viagem pelo Uruguai, Argentina e Chile.


SEGURANÇA / LUGARES PARA PERNOITAR

Em toda a nossa passagem pela Carretera, nós pernoitamos em locais públicos e fizemos wild camping (locais sem estrutura no ‘’meio do mato’’) e podemos dizer que pra quem pretende fazer esse tipo de acampamento, a Carretera é um dos melhores lugares que já passamos nos 4 anos de viagem. Ali fica até difícil escolher onde você vai passar a noite olhando as estrelas e acordar com uma paisagem de tirar o fôlego.


Utilizamos sempre o aplicativo iOverlander para encontrar esses locais onde na maioria deles outros viajantes já passaram por ali e contam a sua experiência. Quem pretende percorrer a Carretera de Motorhome, vale super a pena se guiar por esse aplicativo.


INTERNET NA CARRETERA E SINAL DE TELEFONE


Esse era um dos nosso maiores medos. Não eram as estradas de rípio e muito menos se a gente ia ter perrengue com combustível.


‘’Nossa! Mas vocês são tão dependentes assim da internet?’’

Sim, somos! Mas não é pra subir fotos e stories no Instagram como você deve ter pensado 😂 Mas sim por causa do nosso trabalho. Com isso temos que ficar ligados com internet praticamente 24 horas por dia.


Pois bem, entramos em Chile Chico e a primeira coisa que fizemos foi comprar um Chip da Claro. Que erro! A Claro que na Argentina ainda não tinha nos deixado na mão, nos deixou logo aqui na Carretera 😫


Acontece que os sinais de celular por lá não são dos melhores e a melhor operadora é a Entel (descobrimos só depois que saímos do Chile). Então, se você também depende bastante da internet, compre o chip da Entel. É bem simples adquirir esses chips no Chile e na Argentina também. Caso não precise tanto assim, existem vários pontos com Wifi em restaurantes, hospedagens e em alguns centros de informação turística.


DICA: Utilize mapa offline. Usamos bastante o MAPS.ME


O QUE FAZER NA CARRETERA AUSTRAL


Andar de carro pela Carretera já é uma atração por si só, as paisagens são surreais e cada curva que você faz parece que está em um lugar diferente. Os lagos, as cores dos rios, as pontes, as flores, as montanhas nevadas, tudo isso cria esse cenário de perfeição. Infelizmente, por conta da internet e do nosso trabalho, tivemos que fazer a Carretera mais rápido do que gostaríamos.

Fizemos nosso trajeto de Chile Chico até Futaleufú em 7 dias e conseguimos fazer apenas as Capelas de Mármore em Puerto Rio Tranquilo, que por sinal é um espetáculo da natureza. Vale super a pena. Mas se você é daqueles que quer conhecer mais do que as estradas e tem um bom tempo livre, aqui vai algumas das melhores atrações:


VALE A PENA VIAJAR PELA CARRETERA?


Muito! Não hesite em nenhum momento não viajar pela Carretera, pode ter certeza que você não vai se arrepender! Essas paisagens e as experiências vão ficar marcados pra sempre na sua vida.


A seguir confira o vídeo que fizemos com o Tiago Brugnara do projeto Trip Castelhana que percorreu toda a Carretera Austral de Norte a Sul.



317 visualizações

© 2019 por Do Norte Ao Norte. Todos os direitos reservados.

por onde passamos
contato